Apenas Temos o Agora

Atualizado: 7 de Jun de 2020

O futuro é algo desafiador, chamativo, querido, enigmático, mas incerto. Esperamos por dias ainda não nascidos, esperamos que eles realmente venham, mas nem sempre virão.

Esses dias, em um dos meus Devaneios, refleti sobre isso:

Apenas temos o agora. Vivemos projetando o futuro, sonhando com dias de sucesso e prosperidade. Tudo isso é válido, desde que não nos esqueçamos do agora: único momento realmente certo. Antes de se projetar ao futuro, viva o agora, sinta o agora, faça isso agora.

A vida é um projeto, sabemos, e como tal, precisa ser pensada, planejada. Precisamos saber aonde ir, para que os ventos do tempo não nos conduzam a lugares inesperados. Contudo, o fato de escolhermos o destino, traçarmos as rotas e iniciarmos a jornada não significa, necessariamente, que teremos tempo suficiente para chegarmos ao destino desejado. A vida é finita, mas não é etiquetada com o seu prazo de validade, o último dia para o seu fim.

Assim sendo, escolhamos o destino, tracemos as rotas, mas aproveitemos cada segundo da viagem.

Devemos sentir o cheiro do agora, vislumbrar suas cores, deixar o coração pulsar com os seus amores, ser naquele instante o que muitos levarão uma vida inteira para ser, pois, em termos de tempo, somente temos o agora, certo e aconchegante, pronto para receber a nossa vida em suas mãos e nos fazer tão felizes quanto pudermos imaginar.

Apenas temos o agora.


Publicado originalmente em minha coluna na Revista Statto.


Clique na imagem abaixo e compre o meu livro.



2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo